Fotocromos anos 30 Pinacoteca do Vaticano – Roma

09/05/2022 13:36:28
Compartilhar

A coleção é composta de 20 fotocromos em preto e branco dos anos 30.  “Instampato in Milano”, Itália, as fotos são verdadeiras obras de artes. Da coleção composta de vinte fotos, separei seis especialmente para apreciação dos amigos leitores. Os fotocromos retratam obras de arte dos mais famosos pintores da história, principalmente os italianos.

O que é Fotocromo

O processo foi criado na década de 1880 por Hans Jakob Schmid (1856–1924). Foi muito popular na década de 1890, quando a fotografia a cores já existia, mas o processo para obtê-la era muito complexo, comercialmente inviável. Era muito usada na produção em massa de imagens coloridas, principalmente reproduções de obras de arte. Só deixou de ser usado em 1970.

A Pinacoteca

Um lugar inesquecível! Assim podemos definir a Pinacoteca Vaticana, que abriga uma coleção excepcional de quadros criada pelo Papa Pio VI, no final do século XVIII. É um edifício construído no século XX, que teve a sua coleção de pinturas aumentada ao longo dos séculos. Estima-se que a mesma abriga em torno de 40.000 obras.

Fotocromos da esquerda para a direita:

Sagrada Família com a Madona, o Menino e São José. Pintura feita entre 1675 e 1680 pelo pintor italiano Marche Carlo Maratta;

Angelo Che Suona La Viola, pintura feita por volta de 1475 pelo pintor italiano Melozzo de Forli;

Martírio di S. Alexandro, pintura feita por volta de 1887 pelo pintor italiano Ponziano Loverini;

La deposizione, pintura feita entre 1602 e 1604 pelo pintor italiano Michelangelo Merisi conhecido como Caravaggio;

S. Margherita Guercino, pintura feito por volta de 1660, pelo pintor italiano Giovanni Francesco Barbieri, mais conhecido como Guercino;

S. Maria Maddalena, outra pintura feita por volta de 1630, pelo pintor italiano Guercino.

Esses fantásticos pintores marcaram a história da arte. A civilização italiana, de ontem e hoje, é tão cheia de tesouros que precisa de toda uma biblioteca que falasse sobre ela. Gratidão a todos os mestres!

Compartilhar