Confeccionistas feridos na Dutra retornam à Friburgo

25/06/2015 10:20:15
Compartilhar
O ônibus especial trouxe os confeccionistas até o Suspiro

O dono da empresa Jackie Lingerie, Hélio da Silva Monteiro Filho, e a funcionária da confecção Lalie Lalou, identificada apenas como Andréia, foram as duas vítimas que sofreram ferimentos mais graves no acidente com um ônibus fretado pelo Sindicato do Vestuário de Nova Friburgo (Sindvest) na madrugada de quarta-feira, 24, na Via Dutra. Nenhum dos dois corre risco de morte. Eles receberam os primeiros socorros em Pindamonhangada e já foram transferidos para um hospital do Rio de Janeiro.
Os outros friburguenses que estavam no ônibus fretado da Viação Estrela, que bateu na traseira de um caminhão que transportava grama, desembarcaram no início da noite, por volta das 19h, desta quarta-feira em Nova Friburgo. Eles vieram em outro ônibus especial, que parou na Praça do Suspiro, onde os familiares e amigos os aguardavam.

O grupo friburguense participou do Salão Moda Brasil 2015, no espaço São Paulo Expo, entre os dias 21 e 23, através de convite do Sindvest e Senai. As empresas friburguenses Ambiente Íntimo, Jackie Lingerie, Lalie Lalou, Lia Lou, Lucitex, Pelle Nuda, Rosativa, Ryjor, Sensualle e Suspiro Íntimo divulgaram suas marcas no evento.

Alguns dos confeccionistas optaram por retornar de avião. Dentro do ônibus que se acidentou havia 23 passageiros, todos de Friburgo. A grande maioria teve escoriações leves no acidente. A batida aconteceu por volta de 1h20 na altura do km 85, na pista sentido Rio de Janeiro, no trecho de Pindamonhangaba da Dutra.

Compartilhar