Estado: Colégios terão lanche no lugar almoço uma vez na semana

09/01/2016 08:42:20
Compartilhar
Escolas públicas diante da crise estadual

Os colégios estaduais do Estado do Rio vão ficar um dia da semana sem faxineira e merendeira durante o ano inteiro. Por isso, em vez de almoço ou jantar, será servido um lanche com produtos prontos – como suco de caixinha, pão ou biscoito e fruta.

Essa é uma das medidas de um pacote de economias adotada pela Secretaria estadual de Educação (Seeduc) para adequar os gastos ao orçamento. Corte de cargos comissionados, de celulares, de carros e de eventos já foram efetuados. As ações vão gerar uma economia de R$ 102 milhões ao ano.
O orçamento de 2016 prevê R$ 3,6 milhões – o mesmo de 2015 – para o pagamento de pessoal e R$ 867,5 milhões de custeio e investimento – R$ 35,5 milhões a menos do que no ano passado.

Os colégios estaduais oferecem seis refeições: café da manhã, almoço, jantar e três lanches durante o dia. O corte de merendeira por um dia obrigará a unidade a servir produtos prontos, que não precisam ser manipulados. Essa medida não afeta os colégios em horário integral, nem aqueles em que há funcionários concursados para a função. A secretaria ainda afirma que não há diminuição da verba para a compra de gêneros alimentícios.

Em 2015, as escolas já ficaram dois dias por semana sem faxineira e merendeira durante novembro e dezembro.

Compartilhar