Friburgo: Acusado de matar ex em motel é condenado a 17,8 anos

19/03/2019 19:04:52
Compartilhar
Vítima foi morta em 2017

Um júri popular condenou a 17 anos e oito meses de prisão Fábio de Paulo Faria, de 38 anos. Ele é acusado de assassinar a ex-namorada dentro do quarto de um motel na Ponte da Saudade, em Nova Friburgo. O acusado começará a cumprir a pena em regime fechado. O crime aconteceu em 2017 e teve grande repercussão na ocasião.

O julgamento no Fórum de Nova Friburgo foi realizado na 1ª Vara Criminal nesta quarta-feira, 19/3, e durou aproximadamente sete horas.

O suspeito foi condenado pelos crimes de feminicídio (homicídio qualificado) e furto, já que ele também é acusado de ter usado o cartão bancário da vítima para fazer pagamentos e saques após o assassinato.

Segundo a Polícia Civil, em depoimento, o acusado havia confessado que asfixiou Onelia da Silva do Nascimento, de 54 anos dentro do motel depois que ela disse que aquela “seria a última vez deles”.

“O crime foi praticado por motivo torpe, uma vez que o denunciado não aceitava o término do relacionamento, nutrindo sentimento abjeto de posse para com a vítima”, diz trecho da decisão. Ainda de acordo com a sentença, “o crime foi praticado com emprego de meio cruel, uma vez que o denunciado asfixiou a vítima, tampando-lhe o nariz e a boca até que esta desfalecesse”, diz a decisão.

O Ministério Público vai recorrer da decisão para tentar aumentar a pena do condenado.

Compartilhar