Friburgo: PM prende acusado de estupros, assaltos e homicídio

03/09/2015 08:54:18
Compartilhar
O acusado morava em Friburgo há um ano

As acusações são graves: estupros, roubo, grave ameaça e lesão corporal cometidos mês passado em Nova Friburgo. Anteriormente, o acusado já havia sido preso por homicídio no Sul Fluminense. Este é o perfil de Alcebíades Paulino Chaves, de 32 anos, preso por policiais do Serviço Reservado do 11º BPM na noite desta quarta-feira, 2, no distrito de Conselheiro Paulino.

O comando do 11º BPM além de relatar a ficha corrida do acusado também distribuiu à imprensa fotos de Alcebíades, funcionário do consórcio que está realizando as obras de canalização do Rio Bengalas, no sexto distrito. Isto porque, a polícia acredita que outras possíveis vítimas possam reconhecê-lo.

Alcebíades é acusado de ter cometido, pelo menos, dois estupros e um roubo em Nova Friburgo. Um dos estupros cometido dia 18 de agosto no Jardim Marajó e outra quatro dias depois em Conselheiro Paulino. Uma das vítimas relatou que, antes de cometer o estupro, o acusado ameaçou seu filho de apenas cinco anos. A outra vítima revelou ter sido agredida com um martelo. As duas vítimas já reconheceram Alcebíades, que, entretanto, nega os fatos.

Filmagens obtidas em câmeras de segurança onde ocorreram os dois fatos mostram a presença do acusado nos locais descritos pelas vítimas. No imóvel onde Alcebíades morava, a PM também recuperou pertences das vítimas.

Em Barra Mansa, no Sul Fluminense, Alcebíades já havia sido preso sob a acusação de homicídio, estupro e roubo. Ele estava residindo em Nova Friburgo há um ano.

Compartilhar