Justiça condena ex-poderosos da Assembleia Legislativa do Rio

29/03/2019 08:03:48
Compartilhar
Picciani, Paulo Melo e Albertassi comandavam Alerj

A Primeira Seção Especializada do Tribunal Regional Federal da 2ª Região condenou, por unanimidade, nesta quinta-feira, 28/3, os ex-deputados estaduais do MDB Jorge Picciani, Paulo Melo e Edson Albertassi por crimes investigados na Operação Cadeia Velha – desdobramento da Lava Jato no Rio de Janeiro.

Albertassi e Picciani foram denunciados por corrupção passiva, lavagem de dinheiro e organização criminosa. Paulo Melo foi o único que não foi condenado por lavagem de dinheiro.

. Jorge Picciani – 21 anos de prisão
. Paulo Melo – 12 anos e 10 meses
. Edson Albertassi – 13 anos e 4 meses

Jorge Picciani foi multado em R$ 11 milhões, Paulo Melo em R$ 7 milhões e Albertassi em R$ 6 milhões. A decisão também deixa os três deputados inelegíveis por 8 anos. Os três poderão recorrer da decisão proferida nesta pelo TRF-2.

Compartilhar