Ex-prefeito de Macuco é executado com vários tiros quando saía de casa

30/04/2015 11:38:43
Compartilhar
Rogério Bianchini governou Macuco entre 2004 e 2012

O ex-prefeito de Macuco, Rogério Bianchini, 63 anos, foi assassinado na porta de casa na manhã desta quinta-feira, 30. Bianchini é o segundo ex-governante do município executado a tiros – o outro foi Mauricinho Bittencourt, em 2006.

Rogério Bianchini – governou Macuco entre 2004 e 2012 – morava na entrada do município e estava saindo, por volta das 9h40, para fazer uma caminhada quando foi alvejado por tiros disparados por um homem armado que estava dentro de um veículo Honda Civic, cor prata. O ex-prefeito chegou a ser socorrido, mas já chegou morto ao hospital.

Rogério Bianchini era uma figura política carismática e polêmica. Ele respondia a processos administrativos no período em que governou o município. Ele também já ocupou o cargo de vice-prefeito em Macuco e vereador em Cordeiro.

As policias Militar e Civil estão fazendo cerco em várias estradas da Região Centro-Norte Fluminense para tentar capturar o assassino. O veículo que participou do crime foi visto na RJ-116, em direção a Nova Friburgo. 

Em virtude da morte de Rogério Bianchini, o atual prefeito de Macuco, Félix Lengruber, determinou o cancelamento dos shows da Festa do Trabalhador nesta sexta-feira, 1º. A festa será substituída pelo velório e sepultamento do ex-prefeito.

Matéria atualizada

Compartilhar