Polícia apreende arara e arma em fazenda de atleta do Fluminense

25/01/2016 11:59:22
Compartilhar
Arara e arma apreendida pelos policiais

A Unidade de Policiamento Ambiental (UPAm) do Parque Estadual dos Três Picos, que atende a região Centro-Norte Fluminense, tem feito inúmeros flagrantes nos municípios de sua jurisdição. Nem os famosos que insistem em desrespeitar as leis ambientais são poupados.

Depois de receber uma denúncia, os policiais apreenderam uma arara (sem anilha e sem licença ambiental), uma espingarda calibre 38 e oito cartuchos de munição intactos em uma fazenda que pertence ao zagueiro Henrique, do Fluminense. A chácara está localizada na zona rural de Cachoeiras de Macacu.

O jogador não estava na fazenda no momento das apreensões, mas vai responder por crime contra a fauna (art. 29, lei 9605/98). De acordo com um policial, a arara custa em torno de R$ 4 mil no mercado ilegal de animais silvestres.

A espingarda e a munição, por sua vez, estavam com um funcionário do jogador. Ele foi encaminhado à delegacia e terá que responder por posse sem autorização (art. 12, lei 10826/03). 

Fora dos planos do técnico Eduardo Baptista para a temporada 2016, o zagueiro sequer viajou com a equipe aos Estados Unidos para a disputa da Florida Cup. Seu contrato com o clube vai até o dia 30 junho.

 
Compartilhar