Profissionais da Educação têm salário cortado e greve continua na rede municipal em Friburgo

30/08/2019 19:00:57
Compartilhar
Grevistas fizeram protesto na Câmara quinta-feira

Em mais uma assembleia realizada nesta sexta-feira, 30/8, profissionais da Educação de Nova Friburgo, com apoio do Sepe, decidiram manter a greve da categoria. O movimento de paralisação teve início em 8 de agosto e não tem data para terminar no município.

Na segunda-feira, 2/9, está prevista uma audiência no Ministério Público do Trabalho e no dia seguinte, terça-feira, acontecerá nova assembleia da categoria.

A Prefeitura decidiu cortar o salário dos grevistas e, através de sua assessoria, afirmou que o pagamento está condicionado à reposição dos dias parados. O governo municipal acrescentou que aceita retomar as negociações com a categoria, porém, condicionou o fato ao retorno dos grevistas ao trabalho.

Compartilhar