Rádio Nova Friburgo AM, emissora das montanhas, comemora 70 anos

30/06/2016 08:31:16
Compartilhar
Apresentadores da Nova Friburgo AM: Hernani Huguenin, Sérgio Ferraz, Daniele Asth, Fernando Bonan, Gilberto Cunha, Vinícius Gastin e Pedro Osmar

Fundada em junho de 1946 e desde então no ar de forma ininterrupta, a Nova Friburgo AM foi a primeira emissora AM da Região Serrana e Centro-Norte Fluminense. A emissora nasceu durante os “anos dourados” do rádio brasileiro, e até hoje preserva a credibilidade e o respeito atribuídos a um dos mais tradicionais meios de comunicação. Os 70 anos da emissora serão lembrados nesta sexta-feira, 1º, 18h, em sessão solene proposta pelo vereador Christiano Huguenin.

Considerada como uma das maiores do Estado do Rio de Janeiro, “A Emissora das Montanhas”, como é conhecida, abrange toda a Região Serrana, Centro-Norte Fluminense, Região dos Lagos e grande parte da Baixada. A programação diversificada atinge todas as camadas sociais, consolidando-se como a líder absoluta de audiência. Dentre programas diários e outros específicos, de variados segmentos, destacam-se as prioridades de entreter e, principalmente, noticiar os fatos mais importantes de Nova Friburgo e região.

Antenada às transformações e modernização de equipamentos e estrutura, a rádio acompanha a evolução com o objetivo de aliar toda a tradição à modernidade. A Nova Friburgo AM conta com uma equipe de 14 funcionários e uma estagiária, dentre departamento de jornalismo, operação técnica, secretaria e outras repartições. Além disso, apresenta em sua programação locutores tradicionais da cidade, tornando-se assim referência em informação, credibilidade e entretenimento.

A HISTÓRIA DA RÁDIO

A Nova Friburgo AM surgiu em 1946, ainda como a tradicional Rádio Cipó, representando uma verdadeira revolução na cidade. À época, ouvir rádio não era uma atitude individual, pelo fato de nem todos possuírem o aparelho – era necessário, inclusive, pagar uma licença. Por esse motivo, a Rádio Cipó colocava alto-falantes em frente à rádio, e o povo, sentado nos bancos da praça, parava para ouvir a programação. Bares e restaurantes investiam nestes aparelhos, pois era um atrativo para clientes. Comércio sem rádio perdia a freguesia.

O nome Rádio Cipó surgiu a partir de uma premissa do povo friburguense: costumava-se dizer que bastava estender um cipó para ter o sinal da rádio. A brincadeira teve consequência, como a criação do bordão: “Rádio Cipó, sempre amiga”. A rádio funcionava em um sobrado na Praça Getúlio Vargas e formou grandes nomes do rádio.

Além dos programas de auditório e das novelas, a Rádio teve papel importante para difundir o futebol na cidade, transmitindo as partidas entre os quase dez times de Nova, entre as décadas de 40 e 70. Também através da Nova Friburgo AM, as trovas ganharam destaque no município. A emissora preserva todos esses valores locais, e ainda investe na atualização da maneira de informar, através de redes sociais, aplicativo para celulares e transmissão, ao vivo, pelo site.

Compartilhar