Bolsonaro diz que horário de verão pode voltar se maioria quiser

02/08/2021 22:38:50
Compartilhar
Cachoeiras de Nova Friburgo: atrativos turísticos no verão

PROPOSTA É DEFENDIDA PELO SETOR DE TURISMO

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) afirmou nesta segunda-feira, 2 de agosto, que, se a maioria da população quiser, o horário de verão pode voltar.

Bolsonaro extinguiu o horário de verão em seu primeiro ano de governo, alegando que não havia benefício econômico.
“Se comprovou, realmente, que não aumentava o consumo de energia, que era o ponto focal, principal, da existência do horário de verão. E até o momento, eu vejo que continua a maioria da população contrária ao horário de verão. Se a maioria mudar de posição, eu sigo a maioria. Sou democrata, sigo a maioria”, disse Bolsonaro.

Recentemente, entidades do setor de turismo e de restaurantes enviaram um documento a Bolsonaro pedindo o retorno do horário de verão ainda em 2021.


Os setores alegam que o horário de verão impacta positivamente nos negócios porque adiciona uma hora para receber turistas e clientes, apesar de não ter grande impacto no consumo de energia.

Compartilhar