Diocese de Nova Friburgo lamenta morte do padre Luis Fernando dos Santos

05/10/2018 16:57:01
Compartilhar
Padre Luis Fernando dos Santos (foto: página oficial da Diocese)

A Diocese de Nova Friburgo e o seu bispo, Dom Edney Gouvêa Mattoso, comunicaram e lamentaram o falecimento do padre Luis Fernando dos Santos, ocorrido no fim da manhã desta sexta-feira, 5 de outubro.

Atualmente, o padre era administrador paroquial da Matriz Santa Rita do Rio Negro, em Euclidelândia – distrito de Cantagalo, na qual se dedicou até os seus últimos dias. “Nos últimos anos, o sacerdote lutou bravamente contra uma grave enfermidade, dando testemunho de resignação, paciência e entrega”, diz trecho da nota.

Nascido em 5/6/1973, na cidade de Cabo Frio, e tendo ingressado no Seminário Diocesano Rosa Mística em 1994, padre Luis Fernando dos Santos foi ordenado sacerdote em 30/6/2001. Ainda como Diácono Transitório, em 2000, atuou na Paróquia Nossa Senhora da Conceição, em Conceição de Macabu, tornando-se, mais tarde, Pároco desta mesma comunidade. Foi Pároco da Paróquia Nossa Senhora das Neves, em Córrego do Ouro – na Serra Macaense, e também na Paróquia São José Operário, em Macaé. Durante curto período, atuou como Vigário Paroquial na Paróquia São Benedito, em Rio das Ostras, além de exercer função de Assessor da Pastoral Catequética e da Pastoral da Criança. Mais recentemente, trabalhou como membro da Equipe Diocesana de Círculos Bíblicos. O Sacerdote era formado em Teologia e Filosofia, além de ser graduado em Psicologia pela Universidade Federal Fluminense.

“Confortados pela certeza que a vida não é tirada, mas transformada, confiamos nosso querido irmão à bondade misericordiosa de Deus. Que, em Jesus, seja acolhido no Banquete da Eternidade aquele que tantas vezes dele participou como outro Cristo através dos véus sacramentais”, diz outro trecho da nota.

A missa exequial, presidida pelo Bispo Diocesano, será celebrada neste sábado às 9 horas na Paróquia de Santa Rita do Rio Negro, em Euclidelândia, de onde o féretro partirá para Cabo Frio, onde será sepultado. “Deus, nosso Pai, o receba como Servo bom e fiel que entra na alegria do seu Senhor”, escreveu o d. Edney.

Compartilhar