Friburgo: Assaltantes presos praticaram 45 roubos em 2 anos

07/08/2020 07:43:55
Compartilhar
Arma e carro apreendidos com os acusados

Integrantes da maior quadrilha especializada em roubo de cargas de cigarros da empresa Souza Cruz na Região Sudeste tinham como uma de suas bases o município de Nova Friburgo. Nos dias 1 e 5 de agosto, dois integrantes do bando foram presos no município (no Maria Teresa e Amparo), em ações conjuntas de policiais civis, federais e militares dos estados do Rio, Minas Gerais e Espírito Santo, através da Operação Sevilha.

Segundo a Souza Cruz, somente nos últimos dois anos, estima-se que a organização criminosa teria sido responsável por 45 roubos, quando foram levados cerca de 13 milhões de cigarros, totalizando um prejuízo superior a R$ 4 milhões. A polícia acredita que a quadrilha atua há 16 anos.

Os dois elementos presos em Friburgo este mês eram considerados foragidos de presídio de Campos de Goytacazes. Contra eles haviam vários mandados de prisão. Um deles é apontado como o chefe do bando. Com os acusados, os policiais apreenderam um veículo Mercedes-Benz, arma de grosso calibre e cerca de R$ 40 mil em dinheiro.

De acordo com a Polícia Civil, os líderes da quadrilha trocavam de casa, cidade, telefone e carro, constantemente para não serem encontrados. “A cada 15 e 20 dias, tínhamos que iniciar uma nova investigação para acompanhar os suspeitos”, afirmou o delegado da 3ª Delegacia Policial de Leopoldina (MG), Márcio Rocha Vianna Dias.

Com a prisão dos principais integrantes do grupo, a polícia busca, agora, os demais participantes da quadrilha e também os receptores do material roubado.

Compartilhar