Friburgo: Estado retira 55 profissionais de saúde cedidos ao Raul Sertã, diz vice-líder do governo

26/02/2021 18:43:37
Compartilhar
Zezinho do Caminhão relatou o problema em discurso na Câmara

A informação é do vereador Zezinho do Caminhão (PSB), vice-líder do governo Johnny Maycon: a partir deste domingo, 28/2, o governo estadual irá retirar 55 profissionais de saúde (7 médicos, 6 fisioterapeutas e 42 técnicos de enfermagem) cedidos ao Hospital Municipal Raul Sertã, em Friburgo.

Os profissionais são responsáveis pelo atendimento de pacientes na ala covid-19. A informação do vereador foi divulgada na sessão ordinária da Câmara Municipal em 25/2 (veja íntegra abaixo).

No início do mês, em entrevista coletiva de prestação de contas relativa ao início da nova gestão municipal, o prefeito Johnny Maycon (Republicanos) já havia revelado o problema após reunião virtual com o secretário estadual de Saúde, Carlos Alberto Chaves, da qual também participou a secretária de Saúde de Friburgo, Nicole Ribeiro Lessa Cipriano.

O prefeito de Friburgo disse, na ocasião, que “pediu um tempo” ao secretário estadual de Saúde para equacionar o problema e fazer a necessária substituição dos profissionais cedidos ao hospital.

Johnny Maycon, inclusive, afirmou na mesma coletiva à imprensa que o Hospital Raul Sertã já dispõe dos equipamentos necessários para ampliar a ala CTI/Covid para até 30 leitos, entretanto, carece de profissionais de saúde para atender a demanda.

MATÉRIA ATUALIZADA

Friburgo: Prefeito diz que não haverá corte de leitos de UTI/Covid no Raul Sertã. Leia matéria

Compartilhar