Friburgo: Médicos narram “calamidade” no Raul Sertã e prefeito reage

08/10/2021 09:56:07
Compartilhar
Os médicos José Cláudio Alonso, Renato Abi-Râmia e Alexandre Dutra

PROFISSIONAIS DA SAÚDE FORAM OUVIDOS NA CÂMARA


Os médicos José Cláudio Alonso, Alexandre Dutra e Renato Abi-Râmia – os 2 últimos, diretor e presidente do Sindicato Médico de Nova Friburgo – participaram na noite desta quinta-feira, 8/10, da sessão específica da Câmara de Vereadores.


A reunião foi proposta pela vereadora Priscila Pitta após vazamentos recente de áudios, onde um grupo de médicos do Hospital Raul Sertã – em reunião com o prefeito Johnny Maycon – narrou “uma situação crítica na saúde”, em especial no hospital público. Na sessão legislativa, José Cláudio Alonso foi mais longe: “Uma calamidade”, afirmou.
Na avaliação dele, o atual governo municipal recebeu o Raul Sertã numa situação “ruim”, mas que, após 9 meses, passou para “péssimo”.


Nas denúncias, o médico pediu “ajuda aos vereadores” para que encontrem uma solução junto ao Executivo para amenizar a situação do Raul Sertã. Ele acrescentou que o problema é “de gestão” e defendeu a troca do comando da Secretaria Municipal de Saúde.


Durante as narrativas, José Cláudio Alonso destacou ainda a sistemática falta de medicamentos e insumos no hospital para “salvar vidas”. Ele denunciou também casos de assédio moral, perseguições políticas e baixos salários dos profissionais de saúde, que agravam ainda mais a situação não só do hospital mas de toda a saúde pública no município.


O médico Renato Abi-Râmia defendeu a criação de uma nova CPI da Saúde, enquanto o colega Alexandre Dutra, em determinado momento, alertou para o risco do município sofrer uma intervenção na saúde e perder repasses “que agravariam ainda mais a situação” por conta da falta do Conselho Municipal de Saúde, cujo mandato dos representantes da sociedade terminou no primeiro semestre deste ano.


Alexandre Dutra foi duro nas críticas ao atual governo que, através de decreto do prefeito, propôs o restabelecimento do Conselho Municipal de Saúde “por ordem de chegada” e não através de um processo eleitoral democrático, como diz a lei. “Isso é inaceitável”, afirmou.

SESSÃO DA CÂMARA NA ÍNTEGRA: Assista aqui


PREFEITO REAGE NAS REDES SOCIAIS


Logo após o encerramento da sessão legislativa, o prefeito Johnny Maycon usou as suas redes sociais para reagir às denuncias feitas pelos médicos, em especial, às afirmações de José Cláudio Alonso, ex-diretor do Raul Sertã na gestão Renato Bravo. O prefeito chamou a gestão passada de “corrupta” e que o atual governo municipal está trabalhando para oferecer “num futuro próximo”, um atendimento de qualidade à população.

Compartilhar