Friburgo: PM apreende drogas na Euterpe; acusado é detido e liberado

04/03/2021 18:40:01
Compartilhar
Drogas apreendidas pela Polícia Militar

A informação é da Seção de Comunicação Social do 11º BPM: um comerciário, funcionário de um estabelecimento na Avenida Euterpe Friburguense, foi detido em flagrante de drogas na noite de terça-feira, 3/3.

A Polícia Militar não divulgou a identificação do acusado e nem o estabelecimento em que ele trabalha.

De acordo com o informe, policiais do setor Patamo II receberam denúncia anônima contra o acusado, de 28 anos. Segundo o informe, os agentes observaram a movimentação do acusado até comprovação da denúncia e, finalmente, realizaram a abordagem.

A Polícia Militar acrescentou que agentes observaram o acusado se deslocar várias vezes até seu carro, que estava estacionado em frente ao estabelecimento em que ele trabalhava. Dentro do veículo, a PM encontrou 12 unidades de cocaína. 

“O fato foi apresentado na 151ª DP. O material entorpecente foi encaminhado para perícia técnica”, encerra o informe.

PM RETIFICOU O INFORME INICIAL À IMPRENSA

O 11º BPM (Nova Friburgo), através de seu porta-voz, retificou parte da matéria sobre ocorrência de drogas na Avenida Euterpe Friburguense, datada de 3 de março. Diz a nota, “Retificando a ocorrência: o acusado NÃO permaneceu preso. O mesmo foi autuado no Artigo 33° da Lei de Tóxicos, com 12 papelotes de cocaína de R$ 20, porém ele foi ouvido autuado e LIBERADO”, diz a íntegra.

A defesa também enviou e-mail sobre a referida ocorrência:

“… de inicio, é de se esclarecer que os fatos narrados na notícia (divulgada pela PM) padecem de sintonia com a realidade consolidada no registro de ocorrência 151/00628/2021, de 03/03/2021. Devemos esclarecer trata-se de um inquérito policial, ao qual o acusado fora abordado por policiais militares em seu veículo, após o término de sua jornada trabalho, sob suspeita do mesmo estar praticando a traficância no local. Some-se a isso que a abordagem ocorreu em local diverso ao posto de trabalho do acusado. De certo, que no momento da abordagem o acusado somente possuía em seu poder 2 unidades de papelote para uso próprio, já que é dependente químico há longa data. Em ato contínuo, o acusado após ser interrogado pelos policiais, foi conduzido até ao seu posto de trabalho, indicando-lhes o local aonde o mesmo guarnecia mais 10 unidade para o consumo semanal. Conduzido até a unidade de polícia local, 151ª DP, após os envolvidos serem ouvido pela autoridade policial, o acusado retornou ao ceio familiar, sem qualquer embargo, como a íntegra devolução do numerário em espécie, bem como jamais teve seu celular apreendido. Com efeito, é o presente para solicitar retificação da notícia (divulgada pela PM) nos exatos termos que configurou o ato”, diz a nota.


Compartilhar