Friburgo: Projeto sugere cortar salário de vereadores em 80%

03/05/2016 17:42:02
Compartilhar
Vereador Christiano Huguenin propõe cortar salário dos eleitos

Este ano, a Câmara de Nova Friburgo será obrigada a fixar o subsídio dos vereadores, vice-prefeito e prefeito eleitos em outubro. A polêmica em torno da questão promete ser grande. Isto porque, o vereador Christiano Huguenin (PMDB) decidiu propor emenda à Lei Orgânica Municipal “cortando na carne” os vencimentos dos vereadores, vice e prefeito a serem eleitos para o mandato 2017/2020.

Se a emenda à Lei Orgânica de Huguenin vingar de fato, o subsídio mensal dos vereadores – que atualmente é de R$ 8.229,94 – será reduzido em 80%, ou seja, para pouco mais de R$ 1,6 mil; enquanto o do prefeito, de R$ 20.202.70, será cortado para apenas R$ 6, 6 mil.

A proposta do vereador ainda pretende fixar o salário do futuro vice-prefeito (R$ 10.101,35) e dos secretários municipais (R$ 7.443.10) em R$ 3,3 mil.

A iniciativa do vereador Christiano Huguenin, segundo ele, ainda não foi protocolada na Câmara porque necessita da assinatura de, pelo menos, outros seis vereadores (1/3 da composição da Casa) para atender a lei atual.

“O projeto está à disposição no meu gabinete para que outros vereadores possam assiná-lo”, disse.
Será que outros vereadores vão assinar a proposta? A conferir.

Compartilhar