Friburgo seguirá em bandeira vermelha até dia 24 de janeiro

15/01/2021 18:13:46
Compartilhar
Anúncio da PMNF de bandeira vermelha

Nova Friburgo permanecerá em BANDEIRA VERMELHA até 24 de janeiro de 2021. O comunicado foi divulgado nesta sexta-feira, 15/1, pela Prefeitura nas redes sociais do governo municipal.

A divulgação do bandeiramento é a segunda do governo Johnny Maycon (Republicanos).

É a sétima semana consecutiva da cor vermelha no plano de retomada gradual e segura da economia em virtude da pandemia de covid-19 em Friburgo.

PREFEITO NOMEIA GRUPO PARA DEFINIR NOVAS REGRAS

Através do decreto 876, de 13 de janeiro de 2021, publicado no Diário Oficial Eletrônico, o prefeito de Nova Friburgo, Johnny Maycon (Republicanos), instituiu o novo Comitê Operativo de Emergência (COE) que será responsável pela “adoção e condução de medidas e ações de enfrentamento da emergência em Saúde pública, no âmbito do Município de Nova Friburgo decorrente do coronavírus”. O referido comitê, a exemplo do governo anterior, tem poder para definir regras de distanciamento social, flexibilização e bandeiramento da economia no município.

“Fica instituído o Comitê Operativo de Emergência em Saúde (COE) para a adoção e condução de medidas e ações de enfrentamento da Emergência em Saúde pública, no âmbito do Município de Nova Friburgo decorrente do coronavírus… O COE tem por finalidade mobilizar, coordenar, organizar, planejar, definir diretrizes, preparar ações de prevenção e mitigação, com a finalidade de estruturar e normatizar estratégias necessárias para gestão de risco quanto às medidas a serem adotadas para minimizar os impactos derivados da Emergência em Saúde Pública no âmbito do Município de Nova Friburgo, decorrente do Coronavírus”, diz trechos do decreto.

O COE será composto por representantes do prefeito, secretarias de Saúde, Casa Civil e Governo, além da Procuradoria-Geral do município e Subsecretaria Municipal de Vigilância em Saúde. Além disso, poderão ainda indicar representantes o Poder Legislativo (Câmara), Corpo de Bombeiros, Conselho Municipal de Saúde e Polícia Militar.

 

Compartilhar