Friburgo: Turista morre em distrito e moradores acusam falta de ambulância

19/03/2018 10:49:26
Compartilhar
São Pedro da Serra: distrito turístico de Friburgo

Um turista de 39 anos passou mal e morreu neste fim de semana em São Pedro da Serra, em Nova Friburgo. O caso voltou a chamar a atenção para um problema antigo: a falta de ambulâncias no distrito.

Segundo a Associação de Moradores de São Pedro da Serra , não havia socorro no distrito e uma ambulância do Corpo de Bombeiros, por exemplo, demoraria até 40 minutos para chegar ao local.

A associaçãoo informou que o turista morava em Jacarepaguá, no Rio de Janeiro, e estava hospedado em uma pousada de Lumiar com a esposa, a filha de 14 anos e um sobrinho.

O turista passou mal na praça do distrito. Moradores e pessoas que passavam pelo local tentaram reanimar a vítima, mas não conseguiram.

Assis Martins da Costa, presidente da Associação de São Pedro da Serra, disse que foi até o posto de saúde, mas o espaço estava fechado. Ele conta que também tentou ligar para a ambulância do distrito, mas não localizou o veículo.

O homem foi levado para o Hospital Municipal Raul Sertã, no Centro, em um carro particular, mas já chegou morto na unidade de saúde.

Polêmica
Desde 2015, existe a polêmica sobre a instalação do Samu em Nova Friburgo. Uma base do serviço chegou a ser anunciada para Lumiar, mas o espaço foi desativado antes de começar a funcionar.

Em nota, a Secretaria de Saúde informou que a presença de uma ambulância para atender os distritos de Lumiar e São Pedro da Serra é uma demanda antiga dos moradores e que uma ambulância estava atendendo a região.

“No entanto, o veículo que foi colocado para prestar apoio à essas localidades precisou ser realocado para transportar a grande demanda de pacientes em tratamento no Rio de Janeiro (Inca e Into) e também no Hospital de Paraíba do Sul”, disse trecho da nota.

A Prefeitura informou também que já abriu novo processo licitatório para aumentar a oferta de vagas, aumentando a quantidade de pacientes transportados.

Disse ainda que, enquanto isso, já está em fase de conclusão o conserto de uma outra ambulância que poderá dar suporte ao quinto e sétimo distritos.

Fonte: Site G1

Compartilhar