Homem é encontrado enforcado em cela da DP após confessar que esfaqueou a namorada

06/11/2018 10:57:29
Compartilhar
Acusado foi encontrado morto dentro da cela na 151ª DP

Um homem de 52 anos foi encontrado enforcado dentro da cela da 151ª Delegacia de Polícia, em Nova Friburgo, na noite desta segunda-feira, 5/11, após confessar ter esfaqueado a namorada, segundo informações da Polícia Civil. A suspeita é que ele tenha cometido suicídio. A informação é do site G1/Serrana.

O acusado, segundo a PM, foi preso num posto de gasolina em Conselheiro Paulino. Ainda segundo o 11º BPM, ele admitiu o crime e disse que jogou a faca dentro do rio.

Segundo a delegada titular da Delegacia de Atendimento à Mulher (Deam), Danielle de Barros, o crime aconteceu em Conselheiro Paulino. A mulher, de 28 anos, foi levada em estado grave para o hospital.

“Eles estavam na casa dele, no quarto, deitados na cama quando o celular dela tocou. Ele ficou com ciúme e houve uma discussão. Ele pegou uma peixeira e deu cerca de 10 facadas nela. Foi por motivo banal”, afirmou a delegada ao site G1.

Os golpes atingiram o pescoço, o abdômen e as pernas da vítima. Ainda de acordo com Danielle, o casal estava junto desde 2017 e “o suspeito relatou o crime com frieza”.

“Ele disse que depois de esfaquear a namorada deixou ela agonizando por cerca de três horas. Saiu, foi em um bar e tomou uma cerveja. Ao retornar ao imóvel ela pediu para ele colocar uma roupa nela e chamar a polícia e os bombeiros”, contou a delegada.

Após prestar depoimento, o homem foi levado para a cela da 151ª Delegacia de Polícia, onde passaria a noite aguardando transferência para uma unidade prisional. Ele foi encontrado morto enforcado por volta das 21h, segundo a delegada.

A suspeita é que o homem tenha se matado com a própria roupa e com roupas de cama. Segundo a Polícia Civil, câmeras de segurança monitoram a entrada e a saída de pessoas da cela. As imagens ainda serão analisadas.

A perícia foi feita no local e ainda não há um resultado do laudo. O corpo do homem foi levado para o Instituto Médico Legal (IML). A identidade dele não foi divulgada.

Ainda segundo Danielle, a mulher passou por cirurgia e está em estado grave no Hospital Municipal Raul Sertã.

Compartilhar