Menos brasileiros devem limpar nome para consumir no Natal

15/09/2014 16:04:05
Compartilhar

O volume de dívidas regularizadas, calculado a partir das exclusões dos registros de inadimplência do banco de dados do SPC (Serviço de Proteção ao Crédito) recuou em agosto de 2014, frente ao mesmo mês do ano passado. Nos oito primeiros meses deste ano, o indicador apresentou cinco quedas na base anual de comparação.
Na avaliação dos economistas, o encolhimento do número de consumidores que têm pagado suas dívidas é um sinal de que a recuperação de crédito – que tradicionalmente cresce nos últimos meses do ano para que o consumidor se veja livre de dívidas para as compras de Natal e contas de início de ano – deve encontrar um ambiente menos propício e apresentar resultados menos expressivos do que os de 2013.

Compartilhar