Ney Matogrosso lamenta e homenageia amiga que morreu em Nova Friburgo

28/09/2018 08:08:50
Compartilhar
Luhli e Ney Matogrosso no lançamento do livro Segredos dos Gnomos

O cantor e compositor Ney Matogrosso lamentou profundamente a morte rendeu homenagens à amiga Lulhi Borges, que faleceu nesta quarta-feira, 26, em Nova Friburgo. A cantora e compositora Lulhi Borges, radicada em Lumiar, estava internada no Hospital Raul Sertã e enfrentava um quadro crônico de asma, agravado por uma insuficiência respiratória.

“Lulhi me fez enxergar o cantor que havia dentro de mim. Nunca vou esquecer dela”, disse Ney Matogrosso em entrevista ao jornal Folha de São Paulo (veja matéria completa). Ele destacou que era amigo da cantora desde 1960.

Lulhi Borges, letrista e compositora, cantora, violonista e percussionista, teve inúmeras músicas gravadas por Nana Caymmi, Joyce, Wanderléa, Tetê Espíndola, Rolando Boldrim, Zélia Duncan e principalmente Ney Matogrosso, que gravou “O Vira”,“Fala”,“Pedra de Rio”,“Aqui e agora,”“De Marte”,“Êta nóis!”, ”Me rói”, “Coração Aprisionado, “Chance de Aladim”, “Bugre”, “Napoleão e “Bandolero”, entre outras.

Compartilhar