Ex-ministro e ex-juiz Sergio Moro assina filiação ao partido Podemos

10/11/2021 17:58:43
Compartilhar
Moro deve enfrentar Lula e Bolsonaro nas eleições de 2022

LULA E BOLSONARO DEVERÃO SER ADVERSÁRIOS NAS URNAS EM 2022 –


O ex-ministro da Justiça e ex-juiz da Lava Jato, Sergio Moro formalizou nesta quarta-feira, 10/11, durante ato em Brasília, a filiação ao partido Podemos.


O ingresso de Moro no partido se dá a pouco menos de um ano das eleições de 2022. O ex-juiz ainda não anunciou qual mandato pretende disputar na eleição no ano que vem, mas o evento do partido o anunciou como “futuro presidente da República”.


Caso a candidatura presidencial se confirme, o que é bem provável, Sérgio Moro enfrentará nas urnas Lula do PT (a quem condenou na Lava Jato) e Bolsonaro (de quem foi ministro e saiu brigado no atual governo).


Sergio Moro ganhou notoriedade nacional como juiz da 13ª Vara Federal Criminal de Curitiba durante a Operação Lava Jato, que investigou um esquema de corrupção e desvio de recursos públicos envolvendo a Petrobras.


DISCURSO – Em discurso, Moro tratou de diversos temas, entre eles meio ambiente, economia e segurança pública. O ex-juiz também fez um pronunciamento voltado ao combate à corrupção e disse que entrou na política para fazer correções “de dentro para fora”. Moro defendeu o fim do foro privilegiado e a retomada da prisão após a condenação em segunda instância.


“Embora tenha muita gente boa na política, nós não vemos grandes avanços. Após um ano fora, eu resolvi voltar. Não podia ficar quieto, sem dizer o que penso, sem tentar, mais uma vez, com vocês, ajudar o Brasil. Então, resolvi fazer do jeito que me restava, entrando na política, corrigindo isso de dentro para fora”, afirmou.

Compartilhar