Nova Friburgo gerou 261 novos postos de trabalho, mas indústria perdeu vagas

09/09/2014 17:18:37
Compartilhar
Comércio friburguense criou 61 postos de trabalho

O Ministério do Trabalho divulgou esta semana a síntese do comportamento do mercado de trabalho formal (trabalhadores com carteira assinada) dos municípios brasileiros, no período de janeiro a julho deste ano.
Dos oito setores pesquisados em Nova Friburgo, apenas três conseguiram obter resultados razoáveis: Serviços, Construção Civil e Comércio, com um saldo positivo de contratações. Por outro lado, a indústria de transformação apresentou a maior perda de empregos no município.
Segundo dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do Ministério do Trabalho, Nova Friburgo teve um saldo positivo de 261 novos postos de trabalho com carteira assinada nos primeiros sete meses deste ano.
O setor de Serviços acumula um saldo positivo de 419 novos postos de trabalho, seguido pela Construção Civil com 108 e comércio com 61.
O setor industrial tem um saldo negativo de 265 vagas. Na agropecuária foram perdidos 17 postos de trabalho, mesma quantidade registrada no setor de Extração Mineral. Na administração pública, entre admissões e demissões, o saldo foi de um funcionário a mais.

Compartilhar