Sase de Olaria: Igreja quer receber R$ 2,5 milhões de aluguéis atrasados mais de 14 anos

14/08/2014 13:23:48
Compartilhar
Governos passados não pagaram os aluguéis e deixaram a herança para a atual admnistração

Há anos o posto do Sase (Serviço de Assistência Social Evangélica) não presta nenhum exame ou consulta e, desde 2011, o prédio está completamente destruído e abandonado, após servir como abrigo para centenas de vítimas friburguenses que perderam suas casas na tragédia climática. A situação é ainda mais grave: o proprietário do imóvel (uma igreja evangélica) cobra judicialmente uma dívida milionária da Prefeitura, estimada em aproximadamente R$ 2,5 milhões, pelos aluguéis que não foram pagos há mais de 14 anos. Além disso, o dono exige que o imóvel seja inteiramente reformado, antes da devolução.
A pendenga herdada pelo atual governo já foi relatada ao Conselho Municipal de Saúde. Desde o ano passado, a atual gestão municipal tenta resolver a questão através de um acordo judicial na 1ª Vara Cível de Nova Friburgo, onde tramita a ação judicial.
Na petição feita ao Judiciário, o governo municipal propõe a redução e parcelamento da dívida, além da suspensão temporária do contrato em vigor para evitar que o valor devido não se aumente ainda mais enquanto a questão está sendo discutida na esfera do Judiciário.

Compartilhar