Prefeitura libera volta das aulas presenciais em escolas particulares de Friburgo a partir de 10/5

08/05/2021 19:19:34
Compartilhar
Aulas presenciais só nas escolas particulares (foto: Google)

De acordo com decreto do prefeito Johnny Maycon (Republicanos), as escolas particulares poderão retomar aulas presenciais a partir de segunda-feira, 10 de maio. O governo municipal classificou a Educação como atividade essencial, através do referido decreto datado de 29 de abril.

A liberação das aulas presenciais na rede particular foi autorizada pela Prefeitura de Nova Friburgo após o governo estadual divulgar o novo Mapa de risco da Covid-19, no qual o município aparece em bandeira vermelha. Anteriormente, Friburgo estava em bandeira roxa, o que impedia o retorno presencial nas escolas.

VOLTA COM RESTRIÇÕES

As turmas não retornarão ao mesmo tempo e o funcionamento, em todas as bandeiras que permitem a aula presencial ( vermelha, laranja, amarela), deve ocorrer com 50% do número de alunos matriculados por turma, sendo permitido, excepcionalmente, percentual maior nas hipóteses ondes as salas de aulas apresentem condições para acomodar os estudantes com, no mínimo, dois metros de distância entre os alunos com a devida demarcação do espaçamento.

DECRETO MUNICIPAL

De acordo com o decreto publicado no dia 29 de abril pela Prefeitura de Nova Friburgo, que trata do retorno às aulas presenciais no âmbito municipal, a Secretaria Municipal de Educação (SME) seguirá o bandeiramento determinado pelo Estado, no mapa de risco para Covid-19, que é semanalmente atualizado. Somente quando a Bandeira Roxa vigorar, as aulas presenciais deverão ser paralisadas.
Na determinação que acabou com o sistema de bandeiras do município, foi permitido o retorno das aulas presenciais a partir do dia 3 de maio para as escolas particulares aptas. Contudo, na última semana o Mapa do Estado colocou Nova Friburgo na bandeira roxa.

Ainda de acordo com o decreto, está previsto para o dia 17 de maio o retorno das aulas presenciais nas escolas municipais. Se na data em questão a Região Serrana permanecer na fase vermelha ou conseguir diminuir ainda mais o risco de contágio, será possível o retorno das escolas da rede municipal avaliadas como “aptas”, o que segundo a Prefeitura corresponde a um total de 40 unidades.

Segundo a Secretaria Municipal de Educação, posteriormente, gradativamente, mais escolas serão liberadas, até que as 121 estejam em funcionamento.

Compartilhar