UFC: Marlon Moraes, de Friburgo, se aposenta do MMA

22/04/2022 10:11:38
Compartilhar

LUTADOR TEVE GRANDE CARREIRA E ORGULHOU SUA CIDADE NATAL –


fonte: Globo Esporte / GE


Um dos grandes nomes do Brasil no MMA na última década pendurou as luvas. O peso-galo friburguense Marlon Moraes, 33, anunciou esta semana que está se aposentando do esporte.


A notícia foi dada inicialmente pelo repórter Aaron Brontester, do canal de TV canadense “TSN” e reproduzida por vários sites do Brasil. Durante sua carreira, Marlon Moraes encheu os conterrâneos de orgulho. Uma referência!


Marlon encerra a carreira no MMA um dia antes do aniversário de 15 anos de sua primeira luta profissional oficial, em 14 de abril de 2007. Vindo do muay thai, ele decolou nas artes marciais mistas após se mudar para Nova Jersey e passar a treinar com a equipe de Frankie Edgar. O friburguense ficou quase seis anos invicto, com 13 vitórias seguidas, entre 2011 e 2017.


Neste período, se sagrou campeão do World Series of Fighting (WSOF), evento embrião da atual Professional Fighters League (PFL), e defendeu o cinturão cinco vezes antes de assinar com o UFC.
Após estrear com uma contestada derrota contra Raphael Assunção, Moraes venceu quatro lutas consecutivas, incluindo dois nocautes e uma finalização no primeiro assalto, e recebeu a oportunidade de disputar o cinturão peso-galo, que estava vago, contra Henry Cejudo, em 2019.


No entanto, Marlon acabou derrotado por Cejudo no terceiro round. Foi a primeira numa sequência de cinco derrotas em seis lutas, incluindo quatro derrotas consecutivas por nocaute. A última delas foi em março passado, no UFC Marreta x Ankalaev. Na ocasião, o brasileiro retirou as luvas ainda no octógono, gesto geralmente feito por lutadores que estão se aposentando.

Quero agradecer todo mundo. Sean Shelby, Hunter Campbell, Dana White e o UFC por me dar tantas oportunidades. Quero agradecer minha família, treinadores, manager, todos que foram parte da minha carreira. Ainda estarei envolvido no MMA, ajudando jovens e meus amigos. Também quero dizer obrigado a Mark Henry, Ricardo Almeida, Frankie Edgar e Anderson França – disse Moraes em mensagem enviada por Ali Abdelaziz, seu empresário, aos meios de comunicação norte-americanos.


Marlon Moraes se aposenta com um cartel de 23 vitórias, 10 derrotas e um empate.

Compartilhar