Witzel defende a transferência de Pezão, Sérgio Cabral e deputados presos para presídio federal

13/12/2018 08:03:44
Compartilhar

O governador eleito do Rio de Janeiro, Wilson Witzel (PSC), afirmou nesta quarta-feira, 12/12, após participar de encontro com governadores eleitos em Brasília, que pedirá ao futuro ministro da Justiça, Sérgio Moro, a transferência para presídios federais de presos que classificou como “ilustres”, como o governador Luiz Fernando Pezão, o ex-governador Sérgio Cabral e deputados estaduais.

Atualmente, eles estão em prisões estaduais. Pezão está em um quartel da Polícia Militar em Niterói. Sérgio Cabral, em Bangu 8.

“O presídio federal é uma necessidade para os presos federais. No Rio de Janeiro, nós temos ilustres presos federais, que são governadores, ex-governadores, governadores que estavam em exercício, deputados estaduais. E, para o estado, isso é muito ruim. O ideal é que eles fiquem no presídio federal”, afirmou.

Witzel disse que apresentará ao futuro ministro da Justiça, Sérgio Moro, a proposta de se construir mais presídios federais.

“Já havia uma previsão de instalação de um presídio federal no TRF [Tribunal Regional Federal] da Segunda Região, quando eu era juiz da execução penal no Espírito Santo. Na reunião de hoje [entre os governadores eleitos] foi até aventada a possibilidade de ter um presídio federal em cada estado, um presídio federal de segurança máxima”, declarou.

Compartilhar