Convenções oficializam candidatos para as eleições 2022

19/07/2022 17:59:34
Compartilhar

A partir desta quarta-feira, 20/7, os partidos políticos começam a realizar suas convenções para escolher e oficializar suas candidaturas para as eleições de 2022. Os encontros devem ocorrer até 5 de agosto, conforme calendário estabelecido na Lei da Reforma Política de 2015. A princípio, doze nomes são especulados na disputa pela presidência da República (veja relação abaixo)


Ciro Gomes (PDT) será o primeiro a lançar sua candidatura à Presidência da República. A convenção nacional do PDT será na quarta-feira, primeiro dia do prazo, em Brasília.


Na sequência, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) oficializa seu nome em São Paulo, na quinta-feira, 21/7.


Ainda na primeira semana de convenções, formalizam suas candidaturas André Janones (Avante) e Jair Bolsonaro (PL). O deputado federal se reúne com sua sigla no sábado, 23/7, em Belo Horizonte, e o presidente lança sua campanha à reeleição no domingo, 24/7, no Rio de Janeiro. Simone Tebet, do MDB, será oficializada em 27/7, numa convenção em formato virtual.


A convenção partidária tem como objetivo a escolha pelos partidos dos candidatos a presidente, governador, senador, deputado federal, estadual e distrital.


Os eventos podem ser presencias, virtuais ou híbridos. As convenções das federações, que são a união de dois ou mais partidos por um período mínimo de quatros anos, devem ocorrer de maneira unificada, como a de um único partido.

Compartilhar