Friburgo: Com licitações desertas, Prefeitura corta gasto com decoração natalina

25/11/2021 16:07:42
Compartilhar
Árvore de Natal na Praça Dermeval instalada pelo Sesc e CDL

GASTO SERÁ DE APROXIMADAMENTE R$ 50 MIL, DIZ GOVERNO –


Em nota oficial publicada em suas redes sociais nesta quinta-feira, 25/11, a Prefeitura de Nova Friburgo informou que a licitação para compra de decoração natalina teve “diversos itens desertos ou frustrados”. Por conta disso, do gasto inicial estimado em R$ 650 mil, o governo municipal “gastará em torno de R$ 50 mil”.


Ainda na nota oficial, a Prefeitura acrescenta que as decorações natalinas que estão sendo instaladas no município – entre as quais, a árvore natalina na Praça Dermeval Barbosa Moreira – são frutos de doação de “entidades e empresas parceiras”.


ÍNTEGRA DA NOTA OFICIAL DA PREFEITURA


A Prefeitura de Nova Friburgo informa que a licitação programada para aquisição da ornamentação natalina, estimada em aproximadamente R$ 650 mil, teve diversos itens desertos ou frustrados. Ou seja, foram apenas adquiridos alguns materiais de iluminação, como mangueiras de led, refletores, pingentes e material elétrico para instalação. Nestes itens o Município gastará em torno de R$ 50 mil.


Destacamos que as ações para realizar uma programação de Natal na cidade só foram adotadas após a estabilização do cenário epidemiológico de Covid-19. Portanto, a Administração Municipal já trabalhava com a possibilidade de não encontrar empresas do segmento capazes de atender à licitação nesse período, considerando o aumento da demanda às vésperas do fim do ano.


As demais ornamentações de Natal, como árvores, estão sendo instaladas na cidade por entidades e empresas parceiras, que doaram a decoração à Nova Friburgo. Uma extensa e diversificada programação com atividades de celebração para reflexão e renascimento voltadas a toda família foi elaborada, em conjunto com os parceiros, e será divulgada oficialmente nesta semana, atendendo assim a friburguenses e visitantes.


As ações conjuntas entre poder público e iniciativa privada visam resgatar o espírito de união, fé e renascimento após os dias difíceis que a pandemia impôs a todos nós.

Compartilhar