Friburgo: Tabelião responderá por 3 homicídios e aborto, diz 151ªDP

03/09/2021 10:34:23
Compartilhar

Ricardo Pinheiro Jucá Vasconcelos está preso

ACUSADO MATOU A MULHER GRÁVIDA, A SOGRA E O SOGRO


O delegado titular da 151ª DP, Henrique Pessoa, em entrevista a uma emissora de televisão, informou que está fazendo um aditamento no processo criminal envolvendo o tabelião e empresário de criptomoedas Ricardo Pinheiro Jucá Vasconcelos, 43 anos.


“Agora ele responderá por 3 homicídios e um aborto”, disse o delegado.


O aditamento se deve ao fato da morte do empresário Wellington Braga de Mello, o Tom da Farmácia, 75 anos, ocorrido esta semana num hospital particular.


Além do empresário (sogro do acusado), o tabelião também matou a esposa Nahathy Gomes de Mello, 33 anos (grávida de seis meses) e a sogra Rosemary Gomes de Mello, 67 anos.


O bárbaro crime – de grande repercussão – aconteceu na casa da família no bairro do Cônego, em 13 de agosto. O acusado está preso em unidade carcerária no Rio de Janeiro.


RELEMBRE O CASO – Leia aqui

Compartilhar