Prefeitura pede para que a Nova Faol opere por mais 90 dias

13/07/2021 11:37:56
Compartilhar
Johnny Maycon ladeado por Pierre Moraes (secretário) e Serginho (vice)

ITAPEMIRIM AINDA NÃO MOSTROU FROTA, GARAGEM, ETC…

A novela do transporte público em Friburgo segue longe de um final. Sem ter conseguido concluir a efetiva contratação emergencial da Itapemirim Group (a empresa ainda não apresentou ainda frota, garagem etc), a Prefeitura de Nova Friburgo ingressou recentemente no Judiciário com petição para que a Nova Faol siga prestando os serviços por, pelo menos, mais 90 dias – a contar de 25 de junho (data da assinatura do contrato emergencial entre a Prefeitura e a Itapemirim). A Justiça deve se pronunciar nas próximas horas.

“… a Prefeitura Municipal de Nova Friburgo requer a dilação do prazo previsto na liminar deferida para determinar que a Nova Faol permaneça prestando os serviços de transporte público de passageiros no município de Nova Friburgo por 60 dias prorrogáveis por mais 30 dias a contar do dia 25 de junho de 2021”, diz trecho da petição apresentada pela Procuradoria Geral da Prefeitura no processo que corre na 3ª Vara Cível de Nova Friburgo (processo 0002891-43.2021.8.19.0037).

Em nota oficial à imprensa, a assessoria de Comunicação Social do governo Johnny Maycon (Republicanos) comentou o novo passo de recorrer ao Judiciário: “Mesmo após inúmeras declarações públicas do diretor da empresa Nova Faol de que irá continuar prestando o serviço de transporte coletivo enquanto for necessário, o pedido de prorrogação da tutela provisória foi formulado pela Prefeitura de Nova Friburgo ao juízo e a expectativa é de que a decisão seja proferida a qualquer momento”, diz a íntegra do comunicado.

A Itapemirim, recentemente, anunciou interesse em comprar a Nova Faol. O negócio não vingou! Pelo menos, até agora. A atual concessionária de transporte disse que aceitaria fazer o negócio. Entretanto, exigiu pagamento à vista ou garantia bancária, o que não aconteceu até a presente data.

A novela continua…

Compartilhar