Sérgio Cabral é transferido para presídio de segurança máxima

04/05/2022 16:11:12
Compartilhar

EX-GOVERNADOR JÁ FOI CONDENADO 22 VEZES E PENAS SOMADAS ULTRAPASSAM A 400 ANOS DE PRISÃO –

O ex-governador Sérgio Cabral e outros cinco presos foram transferidos da Unidade Prisional da Polícia Militar, em Niterói, na Região Metropolitana, para o presídio de segurança máxima Bangu 1, no Complexo penitenciário de Gericinó, em Bangu, na Zona Oeste da capital fluminense. O ex-governador do RJ já foi condenado 22 vezes e cumpre pena de 407 anos de prisão pelos crimes de corrupção, lavagem de dinheiro e organização criminosa.

A transferência ocorre após uma vistoria da própria VEP com outros órgãos na Unidade Prisional da PM revelou indícios de regalias para os presos. Foram encontrados no local celulares, anabolizantes, cigarros eletrônicos e listas de encomendas a restaurantes, como uma encomenda de um banquete árabe de R$ 1,5 mil.

Os fiscais desconfiam que uma sacola com dos dois celulares, mais de R$ 4 mil em dinheiro e vários cigarros de maconha tinham ligação com Sérgio Cabral e o tenente-coronel Cláudio Luiz Silva de Oliveira, que cumpre pena pela morte da juíza Patricia Acioli, assassinada em 2011.

Sérgio Cabral estava no Batalhão Especial Prisional da PM, em Niterói, desde setembro do ano passado. Antes, ele cumpria pena em Bangu 8. A Unidade Prisional da PM, também conhecida como BEP, mantém presos policiais militares e também detentos com direito à prisão especial.

O ex-governador Sérgio Cabral vai passar os próximos 10 dias isolado em uma cela de cinco metros quadrados e sem direito a banho de sol no pátio.

Compartilhar