Friburgo: Justiça decreta a preventiva de acusado de matar esposa grávida e sogra e ferir sogro

16/08/2021 11:37:34
Compartilhar
Bárbaro crime provocou uma grande comoção em Friburgo

PENA DE PRISÃO PODE ULTRAPASSAR 80 ANOS

Durante a audiência de custódia, a Justiça transformou a prisão em flagrante em preventiva de Ricardo Pinheiro Jucá Vasconcelos, acusado de matar a esposa grávida, a sogra e balear o sogro em Nova Friburgo. O crime aconteceu na casa da família na última sexta-feira, 13/8, e provocou uma grande comoção no município.

A audiência de custódia aconteceu no fim da tarde deste domingo, 15/8, e foi conduzida pela juíza Ariadne Villela Lopes.

De acordo com a Polícia Civil, Ricardo será indiciado por dois feminicídios consumados, aborto e tentativa de homicídio. Somadas, as penas dos crimes podem chegar a 84 anos.


A Justiça determinou ainda que o acusado seja submetido a exame médico-psiquiátrico. Isso porque, a defesa sustenta que ele tem doença psiquiátrica.


RELEMBRE O CASO: LEIA AQUI

Compartilhar